domingo, 26 de julho de 2009

Terror noturno.

O terror noturno é um fenômeno que acomete algumas crianças durante a noite. As suas principais características são o despertar repentino durante a noite acompanhado de gritos e um grande sentimento de medo e pavor, como se a criança estivesse despertado de um terrível pesadelo. Algumas não conseguem mais dormir, outras, podem voltar a adormecer e no dia seguinte sequer lembrarem-se do ocorrido. E a criança não e a única afetada por este distúrbio misterioso, a família inteira pode sofrer efeitos colaterais, principalmente os pais. Alem do stress provocado pelo sofrimento do filho, grande parte tem seu rendimento profissional ameaçado pelas noites mal dormidas, e não raramente problemas no relacionamento conjugal.
Embora existam algumas teorias psicológicas e biológicas a respeito das causas do terror noturno, a verdade e que sua origem continua envolta em mistério. Na minha concepção de psique humana, que os leitores do blog sabem serem baseadas em C. G. Jung, as crianças acometidas por este distúrbio possuem alguma forma de contato com a sombra existente no inconsciente. Esta sombra pode ser a existente no nível do inconsciente pessoal e, ou, no inconsciente coletivo, o que vai depender da historia da vida de cada criança, seu grau de sensibilidade e etc. O que importa é que à noite a consciência se encontra em estado de repouso, e reina o mundo maior e mais vasto do inconsciente, morada de elementos tanto negativos quanto positivos dos quais não temos conhecimento no estado de vigilia, vem à tona. E quanto mais reprimidos forem os conteúdos negativos da psique, com mais força eles podem se manifestar assim que aparece a oportunidade, e a noite e uma das melhores oportunidades. Principalmente quando o terror noturno se dá pelo contato com os conteúdos da sombra nos limites do inconsciente pessoal, podemos voltar para a investigação dos medos da criança, trazendo gradativamente para a consciência os medos ocultos, o que na maioria das vezes irá requerer a ajuda de um profissional especializado. Mas prestar atenção nos desenhos de uma criança e estimulá-la a expressar o que eventualmente possa ser reconhecido como causa de ansiedade pode ser um bom caminho.
Devo também apontar que quando a família possui algum direcionamento espiritual ou religioso no qual a criança perceba a existência da luz que se sobrepõe as trevas, pode funcionar como um importante apoio para reforçar a psique e a aumentar a capacidade de vencer e, ou, afastar as causas da ansiedade. Como se pode perceber na citação de Jung acima, o estudo da psique não é necessariamente uma ciência que exclua o sagrado. Segundo ele, o rompimento com o sagrado e com o mundo do inconsciente que o carrega, provocam muitos dos problemas psicológicos da atualidade, o que a meu ver pode também incluir o terror noturno.
Nesta postagem estou apenas expondo alguns pontos do meu pensamento a respeito deste assunto, que é um tanto vasto e pode ter vários desdobramentos. Me coloco a disposição dos que desejarem saber mais alguma coisa na qual possa ajudar, é só escrever.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Minha filha tem 4 anos e passo por este problema.Ela acorda a noite aos gritos e as vezes até chorando.
    Gostaria de saber se os filmes de conto de fadas que ela assiste durante o dia envolto de bruxas, lobos e essas outras figurinhas más.Podem ser uma influencia para esses sonhos?
    Daiany( daianydesouza@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir
  3. Diany, os contos de fada em si,aqueles originais e tradicionais cuja origem se perde no tempo, mesmo que pareçam assustadores para a mente consciente costumam ser bem assimilados pelas crianaças e fala direto ao seu incosciente. Agora o que estamos vendo hoje em dia soa historias que se dizem contos sao apenas historias que despertam a sombra e ai sim pode causar alguma impressao nao muito positiva na psique infantil. Temos que tomar muito cuidado aos conteudos aos quais estamos espondo nossas crianças, existm muitas armadilhas no mundo super midia de hoje, antes as historias eram orais e sabiamos os momernto s em que seriam passadoa adiantes como um ritual. e hoje o ritual quase se extinguiu e as crianças na maioria das vezes ficam apenas assistindo a sei la sabe-se o que sozinhas na frente da TV.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. oi meu nome é gessykele e meu filho costuma gritar e chorar durante o sono se agarra forte a quem estiver por perto tremendo todo. o grande problema é que ele só tem 2 anos e esses episódios ocorrem exporadicamente desde os 6 meses de idade quando eram apenas gritos e choros. gostaria de saber se é possivel ser terror noturno já que ele é tão pequeno.
    (gessykele@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir